08 Novembro 2017 In Notícias

Com o objetivo de discutir alternativas para superar entraves e alavancar o setor de confecção, empresários se reuniram na noite da última terça-feira, 07, na sede da Casa da Indústria. O encontro foi organizado pelo Sindicato da Indústria de Confecção (Sincon) e contou com a participação do presidente da Federação das Indústrias do Estado do Acre, José Adriano Ribeiro, e abordou, também, a importância do fortalecimento do associativismo sindical patronal.

Durante a abertura da reunião, o presidente da FIEAC chamou a atenção para as mudanças que começarão a vigorar em função da nova legislação trabalhista. "Temos informações para esclarecer as dúvidas em relação a Reforma Trabalhista, pois as mudanças já começarão a valer na semana que vem. A nossa equipe está à disposição de tosos os empresários.", destacou José Adriano.

O vice-presidente eleito do Sincon, Abraão Figueiredo, agradeceu a presença de todos e enfatizou a importância destas reuniões para debater assuntos de interesse do setor. "É muito salutar falarmos das nossas dificuldades e discutirmos estratégias de interesse coletivo. Sozinho não conseguimos nada. O associativismo é isto. Não pensarmos apenas em nós mesmos. Agradeço o apoio das instituições do Sistema FIEAC. Fazer parte deste Sistema, além de nos fortalecer, gera economia", garantiu o empresário.

"Qualificação da mão de obra, mudanças na reforma trabalhista e a complexidade da carga tributária. Precisamos nos unir para procurarmos resolver estes entraves. Esta ano foi melhor do que 2016. E, temos boas perspectivas para o ano que vem", comentou a empresária Síglia Abrahão.

Durante a reunião, executivos do SENAI e SESI detalharam aos empresários todo o portfólio de serviços e produtos de suas instituições.

Fortalecimento do associativismo - A FIEAC e os sindicatos patronais da indústria no Estado, em parceria com a Confederação Nacional da Indústria, estão empenhados no fortalecimento do associativismo por meio de projetos de atuação articulada e o Projeto Inovador (iniciativa do Programa de Desenvolvimento Associativo da CNI). O encontro do segmento de confecção faz parte desse direcionamento do setor industrial.

Unicom

08 Novembro 2017 In Notícias

Lançado em 2016 na FIEAC, com a presença ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, o Comitê do Plano Acreano para a Cultura Exportadora realizou ao longo deste ano diversas ações

Entre as atividades, o grupo, que é composto por representantes de diferentes instituições e entidades, já realizou encontros, visitas em alfândegas localizadas nas regiões fronteiriças do Estado e buscou estreitar os laços com autoridades e empresários dos países andinos, além de ter elaborado um diagnóstico que retrata a atual situação de toda a infraestrutura logística, bem como os desafios a serem superados para impulsionar o comércio exterior no Acre.

E mais uma importante agenda será realizada nesta sexta-feira, 10, quando ocorrerá uma visita técnica à obra da ponte sobre o Rio Madeira, com a participação de diversos membros do Comitê.

“O Comitê tem acompanhado os investimentos estratégicos necessários para impulsionar cultura exportadora. Visitamos a BR-364 e agora iremos verificar in loco o andamento da obra do Madeira. Vale lembrar que tivemos recentemente a conquista do anúncio das obras do Anel Viário de Brasileia. São investimentos essenciais em infraestrutura para viabilizar a cultura exportadora”, destaca o presidente da FIEAC, José Adriano Ribeiro.

O superintendente do Ministério da Agricultura e Pecuária no Acre (Mapa), Luziel Carvalho, ressalta a importância de as indústrias e empresas acreanas trabalharem com a proposta de expandir seus produtos para o mercado andino. “Não adianta trabalharmos aqui no Estado pensando nos mercados dos grandes centros do país, isso é nadar contra a maré. Já faz parte da estratégia de Acre e Rondônia focar em países como Bolívia e Peru, por exemplo. Já está acertado para o início de dezembro, inclusive, a assinatura em Brasília do acordo para exportação da carne suína para o Peru”, enfatiza Carvalho.

Alex Barros, assessor da Presidência da Fecomércio, faz uma avaliação positiva das ações do Comitê do Plano Acreano para a Cultura Exportadora. “Iremos nos reunir no início de dezembro próximo para apresentarmos à sociedade tudo o que realizamos de produtivo neste ano, mostrar propostas que já foram implementadas a partir dos encontros do grupo e, ainda, pontuar algumas questões para o plano de ação para 2017”, acrescenta.

Parte do grupo que compõe o Comitê esteve reunido na última terça-feira, 7, na Casa da Indústria, para discutir a realização de mais um encontro sobre Comércio Exterior, no dia 5 de dezembro, e a visita técnica na obra da ponte do Madeira.

“Neste ano o Comitê realizou diversas ações, dentre as quais destacamos o diagnóstico que foi elaborado sobre os desafios nas relações comerciais com os países vizinhos, com o qual poderemos claramente desenvolver um plano de ação para melhorar a cultura exportadora em nosso Estado”, afirma Assurbanipal Mesquita, assessor de Relações Institucionais da FIEAC.

Estiveram presentes na reunião membros da FIEAC, Fecomércio, Setacre, Conselho Regional de Administração, Anac e Superintendência do Ministério da Agricultura.

reuniao cultura exportadora
Membros da FIEAC, Fecomércio, Setacre, Superintendência do Ministério da Agricultura, Conselho Regional de Administração e Anac em reunião do Comitê da Cultura Exportadora - Foto/Unicom

Visita à obra da Ponte do Rio Madeira - A comitiva que realizará a visita técnica à obra da ponte sobre o Rio Madeira nesta sexta-feira, 10, será composta por representantes da FIEAC, Fecomércio, FIERO, Acisa, CREA-AC, CREA-RO, Sedens, Dnit, ANTT, Sinduscon, Sincepav, Sindmóveis, Sindigraf, Sindoac, Setacre, CRC-AC, IDHA, CRA-AC, STICEEA, Creci-AC, Sintraterra, Ageac e Ascontacre. A comitiva partirá para a visita às 7h, com saída da Casa da Indústria.

Unicom

08 Novembro 2017 In Notícias

Em parceria com Sebrae, iniciativa oferece consultorias visando ao desenvolvimento de negócios e elevar competitividade

Em busca do fortalecimento da cultura de inovação dentro das empresas e, consequentemente, estimular o desenvolvimento de seus negócios e elevar sua competitividade, a Federação das Indústrias do Estado do Acre (FIEAC), em parceria com o Sebrae, coordena, desde junho de 2016, o projeto “As estratégias empresariais e de inovação em busca de resultados para as empresas industriais do estado do Acre”. A iniciativa começou atendendo 20 empresas e, desde julho deste ano, já conta com 60 empreendimentos participantes.

“Estamos bem satisfeitos com essa demanda aqui no Acre para melhorar a competitividade. Nosso objetivo é que a inovação seja parte da cultura da empresa, que haja esse processo, esteja sempre inovando, seja mais produtiva, tendo mais retorno financeiro e mais resultados”, resumiu Julieta Costa Cunha, coordenadora nacional do projeto na Confederação Nacional da Indústria (CNI), no final de outubro, que esteve no Acre acompanhada do consultor, Rodrigo Carrijo, a fim de monitorar o andamento das consultorias e os resultados que já podem ser percebidos após as consultorias em cinco empresas selecionadas – Malharia Gabby, Hidropônicos Buriti, Draga São Miguel, Malharia Império Colegial e Alfa Engenharia.

Prestando consultorias de gestão empresarial e gestão da inovação; aplicações de diagnóstico para verificar os gargalos da empresa e de diagnóstico final para análise de resultados e pesquisa de satisfação, o projeto tem por objetivo contribuir no auxílio à modernização tecnológica das indústrias acreanas e para que essas indústrias tenham acesso aos recursos através de projetos de inovação.

“Na consultoria, a inovação tecnológica foi fundamental para a melhoria do aplicativo desenvolvido, mas inutilizado pela empresa. O trabalho possibilitou o resgate de toda atuação mercadológica da Hidropônicos Buriti de forma inovadora e nos fez refletir, inclusive, sobre o nosso público-alvo, gerando condições reais de uso da ferramenta”, apontou o empresário Carlos D’Agostini, da empresa Hidropônicos Buriti.

Para a proprietária da Malharia Gabby, Lucélia Modesto, a consultoria foi um divisor de águas para a sua empresa. “A inovação foi sentida não apenas na gestão, mas inclusive nas pessoas, sendo uma consultoria resolutiva até nos relacionamentos dos colaboradores, o convívio entre os mesmos. Nossa contrapartida foi mínima em face de todo o trabalho que foi desenvolvido aqui”, agradeceu.

De acordo com a coordenadora de projetos da FIEAC, Estela Oliveira, é imprescindível a presença dos empresários nas atividades desenvolvidas em todas as fases do processo. "Por meio deste projeto de inovação, eles podem desenvolver suas competências, potencializando as melhorias nos negócios das empresas, para que aproveitem as oportunidades que podem surgir no mercado", concluiu.

Unicom

EMPRESAS


ACESSO RESTRITO


Intranet

ENDEREÇO


FIEAC
Avenida Ceará, 3727 - 7º BEC - CEP: 69918-108, Rio Branco, Acre - Fone: (0xx68) 3212-4200
UNIDADE INTEGRADA
DO SISTEMA FIEAC NO JURUÁ

Rua Afonso Pena, Nº 910, Bairro AABB - CEP 69980-000 - Cruzeiro do Sul - Acre - PABX (68) 3322-6597

logo bndes0001


banner cin   banner Legislacao   cub acre 2017   cont sindical

Você está aqui: Home Itens filtrados por data: Quarta, 08 Novembro 2017