Seminário na FIEAC discute geração distribuída de energia no Estado

06 Julho 2017 In Notícias
Avalie este item
(0 votos)
Seminário na FIEAC discute geração distribuída de energia no Estado Foto/Unicom

Durante o evento foram apresentadas informações detalhadas sobre sistemas de placas solares fotovoltaicas e agroenergia no Acre

Instituições e profissionais unidos visando identificar as melhores soluções e alternativas para o fornecimento de energia no Acre, por meio da troca de experiências e apresentação de propostas que possam melhorar a qualidade do sistema da região. Esse é o objetivo do grupo, liderado pela FIEAC, que tem discutido a matriz energética do Estado.

E mais um passo desse importante debate se deu na última quarta-feira, 5, quando foi realizado o 3º Seminário Interno do Grupo de Estudos sobre a Matriz Energética do Acre. O evento, sediado na Casa da Indústria, colocou em pauta duas propostas de geração distribuída: sistema de placas solares fotovoltaicas e agroenergia.

O professor doutor da Universidade Federal do Acre (Ufac), Diodomiro Baldomero, foi o responsável pela apresentação que abordou as tecnologias de placas solares fotovoltaicas, mostrando suas tendências e soluções que estão em expansão nos países desenvolvidos e também no Brasil. Quem também tratou sobre o assunto foi o engenheiro Edlailson Pimentel, do SENAI-AC, que detalhou as configurações do sistema solar fotovoltaico conectado.

Já a exposição sobre a agroenergia no Acre foi feita pelo deputado federal licenciado e secretário de Indústria e Comércio do Estado, Sibá Machado. Com foco maior na zona rural, a proposta não se restringe apenas a gerar energia, mas objetiva também garantir aumento de renda ao produtor e induzir que pequenas propriedades consigam ampliar e diversificar suas plantações.

“Muita gente já trabalha com biogás, enquanto outros com energia solar. A ideia é juntarmos as duas fontes, o mais barato e eficiente possível, para substituir o modelo convencional, sobretudo para as áreas mais difíceis, que são agricultura familiar, os isolados da floresta, comunidades indígenas e outras. Queremos associar a energia não apenas para o conforto doméstico, mas também para uma área de produção, elevando assim a renda dessas famílias e a qualidade de vida”, salientou Sibá Machado.

Ainda durante o seminário, os engenheiros eletricistas Ricardo Xavier, diretor-presidente da Eletrobras Acre, e Thiago Nobre Alencar, também representante da Eletrobras Acre, falaram sobre a regulamentação e legislação dos sistemas em discussão, além de darem detalhes sobre outros pontos de interesse do grupo que estuda a matriz energética do Estado.

O presidente da FIEAC, José Adriano Ribeiro, elogiou o empenho dos integrantes do grupo em busca de alternativas que assegurem melhores condições de disponibilidade de energia para diversos setores, sobretudo para a indústria.

“Espero que a partir do próximo encontro já comecemos a ter tratativas de definições, pois todos estão ansiosos para ver os resultados. E isso é um ativo que os empresários têm que manter em mãos para as oportunidades que irão surgir e as condições que serão dadas. É um projeto de futuro que não dá para recuarmos, pois essa é nossa missão enquanto empresários”, ressaltou José Adriano.

De acordo com o assessor de relações institucionais da FIEAC, Assurbanípal Barbary de Mesquita, as duas propostas de geração distribuída de energia apresentadas durante o seminário irão compor as publicações que serão produzidas com os resultados dos estudos sobre a matriz energética do Acre, contendo informações sobre os locais com maior disponibilidade de energia, soluções a serem adotadas em cada região do Estado, possibilidades de fontes alternativas, entre outras demandas.

“Fecharemos esse ciclo de debates com um grande seminário, onde iremos trazer especialistas de renome nacional no assunto para concluirmos esse trabalho e apresentarmos o documento final em evento que será promovido em parceria com a CNI. A energia é um insumo fundamental para qualquer indústria, por isso a FIEAC está buscando cumprir seu papel em identificar e reivindicar melhorias nesse setor para que os empresários tenham melhor condição de competitividade. Tudo isso será essencial para atrair investimentos para o Acre”, assinalou Assurbanípal.

Unicom

Lido 199 vezes

EMPRESAS


ACESSO RESTRITO


Intranet

ENDEREÇO


FIEAC
Avenida Ceará, 3727 - 7º BEC - CEP: 69918-108, Rio Branco, Acre - Fone: (0xx68) 3212-4200
UNIDADE INTEGRADA
DO SISTEMA FIEAC NO JURUÁ

Rua Afonso Pena, Nº 910, Bairro AABB - CEP 69980-000 - Cruzeiro do Sul - Acre - PABX (68) 3322-6597

logo bndes0001


banner cin   banner Legislacao   cub acre 2017   cont sindical

Você está aqui: Home Imprensa Notícias Seminário na FIEAC discute geração distribuída de energia no Estado